Slide

PUBLICIDADE 728X90

 Ontem teve Video Music Awards em Nova York e que saudade de um tapete vermelho musical aka ousadia e irreverência! Teve look sexy, polêmico, couture, decepção e surpresa. Qual foi seu favorito? Vote e me conte! Lembrando que mais tarde teremos BAILE DO MET!

Leslie Grace é detentora do meu look favorito da noite, um Oscar de la Renta com franjas desconstruídas belíssimas! Gosto que é um look que é a cara do evento, onde um curtinho é bem-vindo, mas extremamente elegante, um quê sexy, enfim, pacote completo!

Camila Cabello está aqui pelo fator surpresa. Não costumo gostar das escolhas dela (ou para ela) no tapete vermelho, sempre acho que falta uma coisa, mas esse Alexis Mabille é surpreendentemente bom. É ousado, couture, tem um quê fun pelas cores e super laço. Também curti a escolha da make moderna/conceito e o cabelo discreto não comprometeu e compensou a ousadia do pacote.

Ciara é aquele clássico indefectível do tapete vermelho. Sempre elegante, ousada e sexy. O vestido Tom Ford rendado e com um rasgo estratégico confirma o retorno da renda e Ciara segura com louvor.

Ainda no fator glamour com um quê old Hollywood direto de Honório Gurgel, Anitta estreando no VMAs. Eu tenho algumas observações sobre o vestido: ele é bem intencionado, porém o tule incomoda um pouco, fica uma coisa meio déjà vu ou ultrapassado mesmo. Ele seria belíssimo se fosse todo estruturado sem precisar do tal tule pra “segurar”, mas gostei desse quê vintage, cabelo perfeito e maquiagem idem. 

Olivia Rodrigo foi outra que tinha tudo pra dar certo… mas nos resta algumas observações. Este é um Atelier Versace vintage belíssimo que na passarela tinha muito mais tule drapeado sobre o cetim e ficou bem mais bonito que nessa versão com um tule mais comedido ali na região do quadril, daí parece que faltou pano.

Kourtney Kardashian e Travis Baker, outro casal sensação, e todos trabalhados no pratinho nada básico. É um vestido de couro bonito e é isso mesmo.

 Kacey Musgraves é a artista country pop do momento e o look Valentino couture é a cara do evento, divertido e todo trabalhado no fashionismo.

Ainda no segmento curtos, Shay Mitchell não comprometeu com um vestido ok de bonita.

  

Ainda no segmento curtos, Shay Mitchell não comprometeu com um vestido ok de bonita.Normani é O MOMENTO, seus looks sempre trazem a energia e o Star quality de uma diva do pop que a gente precisa e ama.

 Sem passar pelo red carpet, Madonna foi a estrela, com uma edição falando do começo de sua carreira e com ela subindo ao palco. "E disseram que a gente não ia durar", alfinetou ela, referindo-se tanto a si mesma como à MTV, que completou 40 anos.


 Ed Sheeran, que lançou recentemente a canção Shivers, foi o próximo a subir ao palco do VMA. Com um timaço de dançarinos, Lil Nas X e Jack Harlow cantaram o recente hit da dupla, Industry Baby. Com muita sensualidade e dançarinos seminus, Lil Nas agitou ainda mais o público, que foi à loucura. Na sequência, foi a vez do casal mais pop do momento soltar a voz com seus hits: Camila Cabello e Shawn Mendes. Latto, que cantou Big Energy e Chloe, com Have Mercy também fizeram parte do time de apresentações. Dois veteranos também subiram ao palco: a banda de rock Foo Fighters - que, com 26 anos de estrada, brincaram e prometeram voltar ao VMA daqui outros 26 anos - e a lenda do rap Busta Rhymes.



Editora, Jornalista e Colunista de Moda 
Noeli de Carvalho e Silva


Compartilhe o post com os amigos
Blogger Widgets

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *