Slide

PUBLICIDADE 728X90


De Cristianópolis, Goiás, surgiu Marília Dias Mendonça. Cantora, compositora e instrumentista, Marília era conhecida como a "Rainha da Sofrência" e as suas músicas costumavam curar as dores de cotovelo de todos os brasileiros.

Marília começou a carreira de compositora aos 12 anos e o primeiro contato dela com a música foi na igreja.  O Feminejo é um subgênero da música sertaneja que enfatiza as mulheres, seja pela temáticas femininas ou pela atuação de cantoras e compositoras. Uma de suas maiores representantes foi a cantora, compositora e instrumentista Marília Mendonça. Sucessos como "Minha Herança" da dupla sertaneja João Neto & Frederico, "Até Você Voltar", "Cuida Bem Dela" e "Flor e o Beija-Flor" da dupla Henrique & Juliano são algumas das várias composições dela.


Em 2014, Marília Mendonça se lançou para o mundo como cantora. Já em 2015, ela lançou seu primeiro single com a participação de Henrique & Juliano, “Impasse”, com quem ela já tinha trabalhado anteriormente em composições. Foi neste ano também que a cantora gravou seu primeiro DVD, com direção musical de Eduardo Pepato e direção de vídeo de Fernando Trevisan, o Catatau.


O primeiro álbum, intitulado “Marília Mendonça: Ao Vivo” foi lançado em março de 2016. Músicas como “Infiel” e “Como Faz Com Ela” aumentaram a notoriedade da cantora por todo o Brasil. “Infiel” é uma de suas músicas mais conhecidas e se tornou a segunda canção mais executada nas rádios do país naquele ano.


Em 08 de outubro, o segundo DVD intitulado “Realidade” foi gravado no Sambódromo em Manaus. No repertório, a música inédita "Eu Sei de Cor" e outra já conhecida e marca registrada da cantora, a música "Infiel".


O álbum “Realidade” foi lançado em janeiro de 2017. As faixas mais famosas são "Amante Não Tem Lar" e "De Quem É A Culpa", além de uma nova parceria com a dupla Henrique & Juliano chamada “Mudou a Estação”. Em novembro daquele ano Marília lançou o single "Transplante" em parceria com a dupla Bruno & Marrone. E em julho, a cantora conquistou o posto de artista brasileira mais ouvida no YouTube, ficando em 13º lugar no ranking mundial.


Em abril de 2018, Marília lançou o álbum “Agora Que São Elas 2”, com faixas solo dela e da dupla Maiara e Maraisa, além da colaboração das três em “A Culpa É Dele”.
Seu terceiro álbum foi lançado em fevereiro de 2019. O projeto “Todos os Cantos” teve como single as músicas "Ciumeira", "Bem Pior Que Eu", "Todo Mundo Vai Sofrer" e "Supera". A turnê foi marcada por shows "surpresa" e gratuitos em vários pontos turísticos do Brasil. O DVD com os show foi lançado em agosto do mesmo ano e a cantora ganhou o prêmio Grammy Latino de Melhor Álbum Sertanejo pelo trabalho.


Os últimos trabalhos musicais de Marília foram o álbum "Patroas”, lançado em setembro de 2020, e o álbum “Patroas 35%", lançado em 14 de outubro de 2021. Os dois projetos foram feitos em parceria com a dupla Maiara & Maraisa e o álbum “Patroas” é um dos concorrentes ao Grammy Latino de Melhor Álbum Sertanejo deste ano.

Música em números

Seguida por 22 milhões de pessoas no Youtube, Marília Mendonça quebrou o recorde de maior número de visualizações em lives na plataforma em 08 de abril de 2020. A #LiveLocalMariliaMendonca, teve três horas e meia de duração e marcou 3,31 milhões de visualizações simultâneas. No Spotify a cantora também teve um sucesso expressivo, com média mais 8 milhões de ouvintes mensais e músicas que passam da casa de 90 milhões de plays.

Para finalizar, uma mensagem de fé e amor da própria Marília Mendonça que sirva de consolo aos fãs, família e amigos.

Beijos no Coração ❤

Editora, Jornalista e Colunista de Moda Noeli de Carvalho



Compartilhe o post com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *