Slide

PUBLICIDADE 728X90

  Se você quer glamour, alta costura, caimentos perfeitos, joias deslumbrantes e muita, mas muita elegância, você está no lugar certo! A premiação mais aguardada do cinema, o Oscar 2020, ocorreu no último domingo, 09 de fevereiro no teatro Dolby em Los Angeles. A 92ª Edição da cerimônia de entrega dos Academy Awards, foi incrível e deu um show em vários sentidos, no entanto, o que vamos mesmo falar, são dos looks que ofuscaram os holofotes.

 LOOKS DO TAPETE - OSCAR 2020 

O  diretor Bong Joon-ho chegou ao Oscar 2020 acompanhado do elenco de seu filme ‘Parasita.  Todos muito bem vestidos e elegantes para um noite que rendeu muitas estatuetas. O diretor de Parasita, Bong Joon Ho protagonizou os momentos mais divertidos do Oscar 2020, e também um dos mais singelos, ao pedir desculpas aos gravadores das estatuetas por ganhar tantos prêmios. “Sinto muito pelo trabalho pesado. São muitas!”, disse o sul-coreano, enquanto aguardava para ter seu nome gravado em seus prêmios. 
Ao receber o Oscar de Melhor Filme, Bong Joon Ho disse que iria beber até o dia seguinte e, animado, o diretor sul-coreano posou para várias fotos brincando com as estatuetas. Parasita foi o primeiro longa em idioma não-inglês ao vencer o maior prêmio do Oscar. 
O filme mostra a história de uma família em dificuldades que invade a vida da rica família Park e entra em suas cabeças quando um inesperado incidente acontece. 
Parasita foi o grande vencedor do Oscar 2020, levando quatro prêmios: Melhor Filme, Melhor Filme Internacional, Melhor Direção e Melhor Roteiro Original.
Nem o Brad Pitt fez o pessoal surtar tanto como o Joaquin Phoenix no Oscar 2020joaquin phoenix brad pitt oscar 2020 0220 1400x800Brad Pitt ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel como um dublê veterano em "Era uma vez... Hollywood", dirigido por Quentin Tarantino. "Eu tenho 45 segundos, é mais do que o senado deu ao John Bolton nesta semana", disse Pitt, citando o ex-consultor de segurança nacional da Casa Branca e a participação dele como testemunha no processo de impeachment do presidente americano Donald Trump. Além da referência política, o ator citou ainda Tarantino e Leonardo DiCaprio. O fim do discurso foi dedicando o Oscar aos filhos. Foi a segunda estatueta de Brad Pitt, que venceu como produtor por "12 anos de escravidão", mas a primeira em uma categoria de atuação. O ator americano de 56 anos já havia sido indicado por seus papéis em "O Homem Que Mudou o Jogo", "O Curioso Caso de Benjamin Button" e "Os 12 Macacos".
Clássico e elegante Brad Pitt escolheu um smoking tradicional que acentuou ainda mais a sua beleza. Põe belo nisso!!!


Resultado de imagem para brad pitt oscar 2020

O astro que brilhou na pele do "Coringa" concorreu na categoria de Melhor Ator e sua rápida passagem pelo tapete vermelho da premiação foi suficiente para gerar muitas reações na web. Ele era o grande favorito da categoria, após vencer prêmios do Sindicato dos Atores, o Globo de Ouro e o Bafta. O filme, campeão de indicações com 11, ganhou apenas mais um Oscar, o de trilha sonora original. Em seu discurso de agradecimento, ele falou sobre reconhecer erros e perdão. "Quando usamos amor e compaixão como nossos guias principais, nós criamos sistemas de mudança", afirmou. "Não quando nos cancelamos pelos erros do passado, mas quando nos guiamos para crescer, por redenção, esse é o melhor da humanidade. "Emocionado, o ator se lembrou do irmão, o também ator River Phoenix, que morreu aos 23 anos em 1993. "Quando ele tinha 17 anos, meu irmão escreveu isso. Ele disse: 'corram ao resgate com amor e a paz será o resultado', sendo muito ovacionado. 

Resultado de imagem para joaquin phoenix oscar 2020
Natalie Portman apostou em um conjunto preto com dourado da Dior Haute Couture e aproveitou o look para fazer um apelo pelas diretoras desprezadas. A capa sobreposta toda preta, tinha o nome das diretoras que não receberam indicações ao oscar esse ano. Lorene Scafaria, Lulu Wang, Greta Gerwig, Mati Diop, Marielle Heller, Melina Matsoukas e Alma Har’el foram os nomes bordados no look da atriz. Natalie não economizou na sua critica muito bem humorada e com um toque de glamour.



Natalie Portman no Oscar 2020
 Vestindo um impressionante vestido verde esmeralda em camadas com acessórios e saltos Louis Vuitton, Florence Pugh apareceu deslumbrante no red carpet da premiação.

Billy Porter manteve a excentricidade e usou um vestido Giles Deacon Couture com acessórios Atelier Swarovski e sapatos Jimmy Choo. O estilista faz uma critica e debate sobre quem pode reinar ou deve reinar no Oscar. O mais impressionante no seu look foi essa blusa dourada toda feita em fios de ouro, um verdadeiro luxo! Aliás, ele é esperadíssimo em cada nova premiação, devido as suas criações sempre surpreendentes. 

Billy Porter no Oscar 2020
 Billie Eilish inconfundivelmente vestiu um conjunto incomum Chanel, mix de colares de correntes e outros acessórios, e exibiu suas garras enormes e negras. Billie faz questão de usar looks muito recatados e que não destaquem as suas silhueta física, pois ela quer ser conhecida pelo seu talento nato e não pela sua aparência física.
Billie Eilish no Oscar 2020
  Vestindo um lindo vestido prata Ralph Lauren com um capuz inusitado e joias da Forevermark, Janelle Monáe desfilou bem futurística no tapete vermelho da premiação. Janelle Monáe no Oscar 2020
 Ademais, a produção contou com a aplicação de 170 mil cristais e levou 600 horas para ser bordado, mas o seu resultado final, valeu super a pena.
Janelle Monáe no Oscar 2020

Regina King destilou elegância em um vestido rosa bordado com lantejoulas do Atelier Versace. Os sapatos eram de Stuart Weitzman e os acessórios com foco no bracelete cravejado, eram de Harry Winston.
Regina King no Oscar 2020
 Scarlett Johansson encantou com um vestido "deuso" e com caimento incrível de Oscar de la Renta. A produção contou com transparências e bordados no decote, no entanto, as suas joias avaliadas em 10 milhões de reais surpreenderam e agregaram ao seu visual. Scarlett Johansson concorreu ao prêmio de Melhor Atriz - por História de um Casamento e Melhor Atriz Coadjuvante - por Jojo Rabbit. Não foi dessa vez que ela ganhou a tão sonhada estatueta, mas no entanto, ela ganhou o título da Atriz  mais bem vestida do Oscar em 2020. Realmente seu vestido arrasou quarteirão!
Scarlett Johansson no Oscar 2020
Brie Larson desbancou toda a tenção com seu vestido todinho cravejado rosa, caimento impecável e uma linda manga estilo capa que acompanhava o look de Celine by Hedi Slimane. Além disso ela associou joias delicadas e skinny rings para dar um charme a mais. Simplesmente uma Diva!

Brie Larson no Oscar 2020
Cynthia Erivo desfilou de total white no tapete vermelho com um vestido de recortes modernos e decote de um ombro só, do Versace. Ela foi elogiadíssima pela mídia e fashionistas!!
Cynthia Erivo no Oscar 2020
Além disso ela compôs o seu look, com muitos anéis grandes e piencings.



Renée Zellweger usou um vestido branco todo bordado de um ombro só ,do estilista da coleção Armani Prive e joias de David Wedd com saltos Jimmy Choo. Magérrima e esbanjando elegância esta maravilhosa atriz levou o prêmio de Melhor Atriz, por seu desempenho magistral como a cantora e atriz Judy Garland.

Renée Zellweger no Oscar 2020

Kaitlyn Dever usou um vestido longo com uma fenda grande na altura das cochas, todo vermelho bordado de Louis Vuitton. Ela também combinou os saltos peep toe no cetim vermelho de Aldo.
Kaitlyn Dever no Oscar 2020
Laura Dern distribuiu elegância em um vestido Emporio Armani em rosa claro e detalhes em franja preto. Levou a estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante em História de um Casamento, onde ela interpreta uma advogada sagaz e emponderada sendo elogiadíssima pela crítica especializada.
Laura Dern no Oscar 2020

Sandra Oh ofuscou as câmeras, com uma perfeição em forma de vestido feito por Elie Saab. Todo detalhado em babados, com mangas bufantes, muito brilho e um laço dourado onde termina o decote profundo em V, seu vestido teve tudo, que tinha direito e ultrapassou em criatividade. Um verdadeiro SHOW!
Sandra Oh no Oscar 2020
Jane Fonda enfatizando a linha sustentável, repetiu o vestido que usou em Cannes em 2014 e levou o “casaco de ir presa” pro Oscar.

Responsável pela entrega do prêmio mais importante na noite do Oscar, Jane Fonda foi aplaudida de pé, ao surgir no palco do Dolby Theatre, para anunciar a estatueta de melhor filme para o sul-coreano "Parasita". Um momento de surpresa e catarse, sensação que tomou conta do ambiente e contagiou a todos.

E ainda por cima levou consigo o "casaco de protesto", com o qual foi flagrada algumas vezes durante atos em Washington, no fim do ano passado. A peça vermelha virou característica da participação de Fonda, nas manifestações por políticas públicas, mais incisivas contra mudanças climáticas.
ImagemPor sinal, ela continua em plena forma e muito charmosa!
ImagemImagemJane Fonda no palco do Dolby Theatre para anunciar o Oscar de melhor filme Foto: MARK RALSTON / AFP
Jane Fonda no tapete vermelho de Cannes, em 2014.
Jane Fonda no tapete vermelho de Cannes, em 2014 Foto: Reuters
Muitos famosos cruzaram o tapete vermelho do Oscar 2020 neste domingo, mas além da cerimônia, que premiou os grandes nomes do cinema no ano passado, chamaram atenção os looks escolhidos pelas celebridades internacionais. Vencedora na categoria Melhor Atriz, Renée Zellweger apostou em um look total white da grife Dior, que também foi a cor predominante nessa premiação. Um contraponto aos vários pretinhos nada básicos, eleitos por outras estrelas e alguns clássicos vestidos vermelhos, que não podem faltar e não falham.

PONTO DE VISTA:

Se Hollywood acertou e mereceu aplausos tendo inovado, dando duplo prêmio de Melhor Filme  Estrangeiro e Melhor Filme do Ano, ao Sul-Coreano  Parasita,  que foi a sensação da noite. 

A premiação não parou só por aí, pois o seu diretor Bong Joon-ho levou a estatueta de Melhor Diretor, desbancado os seus ídolos e para completar esta surpresa da noite, ganhou o Melhor Roteiro Original. Por outro lado a academia pecou por não indicar em pleno século XXI, alguns artistas negros, a não ser um, para não ficar ainda mais feio ou mulheres que têm contribuído de forma significativa, para a grandiosidade desta indústria. O machismo ainda está muito presente  nas decisões da Academia, que precisa urgentemente, se atualizar para envolver e apoiar, quem dá efetivamente, tanto brilho e estrelato a ela!!
Beijos no Coração ❤
Editora e Jornalista Noeli de Carvalho e Silva




















Compartilhe o post com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *