Slide

PUBLICIDADE 728X90



Cores e formas deram vida ao primeiro dia de desfiles da edição de primavera/verão da Semana de Alta-Costura de Paris. Schiaparelli, Ulyana Sergeenko, Iris van Herpen, Georges Hobeika, Christian Dior, Maison Rabih Kayrouz, Ralph & Russo, Antonio Grimaldi, Giambattista Valli e Azzaro Couture abriram a programação do evento mais luxuoso do calendário fashion internacional com produções de tirar o fôlego. Contudo, algumas grifes roubaram a cena!


Vem comigo saber as marcas que brilharam nessa segunda-feira (21/1)!

Iris van Herpen
A holandesa Iris van Herpen apresentou um desfile sensorial na Semana de Alta-Costura. Usando plissados e acabamentos em viés, a artista (o substantivo que a descreve melhor) criou padrões e movimentos que deram vida às suas peças. As camadas em diferentes tons conferiram um efeito tridimensional muito interessante aos vestidos. Dá uma olhada:

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!
Vestido parecia vibrar na passarela

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Camadas deram efeitos gasosos às peças

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Acabamentos em viés desenharam rostos

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Tecidos fluidos deram movimento

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Plissados usados para construir volumes

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Profundidade alcançada pelas camadas finalizadas em viés

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Degradê de tons

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Efeito tridimensional

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Silhuetas artsy e formas impressionantes no show

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO/GETTY IMAGES
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty ImagesPin this!
Uma explosão de formas!

Dior
O circo é a grande inspiração de Maria Grazia Chiuri para a nova coleção. Guiada pelo trabalho de artistas visuais como Cindy Sherman e Pablo Picasso, ela resgatou o apreço do próprio Christian Dior pelo universo circense. O couturier tinha o costume de visitar o Cirque d’Hiver, em Paris, onde o fotógrafo Richard Avelon fez um dos registros mais icônicos de sua carreira: a foto Dovima e os Elefantes, de 1955.

Para dar um tom feminista, a apresentação teve performances do grupo feminino de acrobacia Mimbre. Os jardins do Museu Rodin deram espaço à tenda montada pela maison, que virou o picadeiro da Dior Dream Parade.
A referência surge em bordados e aplicações que representam arlequins, animais e chamas. Babados lembram a figura dos pierrots, enquanto os trajes de domador acrescentam um ar vitoriano. As listras complementam o imaginário circense e trazem cores vivas aos vestidos tridimensionais. Com modelagens amplas, mangas bufantes e babados, as peças acertam na dose de teatralidade.
Elementos tradicionais, como a paleta bege, além dos tecidos leves e transparentes, juntam-se ao visual performático e uma forte aposta na alfaiataria. Plissados finalizam o brilho dos vestidos de festa, sem falar na fluidez que já é característica de Chiuri.
ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Mangas bufantes e detalhes com brilho neste vestido

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Os grafismos, babados e o chapéu com voilette são referências aos pierrots

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
As peças trazem bordados e aplicações na forma de figuras circenses, como animais e domadores

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Terninho em vermelho com uma gravata diferenciada

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
Listras e detalhe no pescoço

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
As criações de Maria Grazia Chiuri carregam o tom performático do circo

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
Uma das tendências da nova coleção foi a alfaiataria

DOMINIQUE CHARRIAU/WIREIMAGE VIA GETTY IMAGES
Dominique Charriau/WireImage via Getty ImagesPin this!
Vestidos e blazers acrescentam o toque elegante da alfaiataria às criações

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
O contraste com o preto não poderia ser mais clássico

DOMINIQUE CHARRIAU/WIREIMAGE VIA GETTY IMAGES
Dominique Charriau/WireImage via Getty ImagesPin this!
Uniforme de domador

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
Transparências e tons de bege foram recorrentes nas últimas coleções da Dior. Detalhe para os macacões com aspecto tatuado

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
Look com aplicação de paetês

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
O plissado elegante ressalta o brilho do tecido

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
O aspecto cintilante cai bem no vestido dourado

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES
Pascal Le Segretain/Getty ImagesPin this!
Transparência e uma tonalidade mais sutil

Ralph & Russo
Em mais uma coleção de alta-costura, Tamara Ralph mostra que o DNA decorativista handmade é seu ponto forte. A casa londrina trouxe texturas, brilho e movimento para esta temporada. Com direito a acessórios, como chapéus e luvas, a extravagância da coleção resulta em uma moda festa atual.

A maioria das peças acompanha o desenho da silhueta e mescla variações de cores mais discretas com detalhes mais presentes, ao mesmo tempo que alguns apostam em tons mais fortes.
O tom suave de verde deixa o destaque para o movimento das plumas.
Estrop/Getty Images
Pin this!

O vestido curto traz brilho e movimento nos detalhes.
Estrop/Getty Images
Pin this!

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
As transparências e a escolha da cor dão um tom mais noturno a este modelo

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
As aplicações de brilho arrematam este look

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Vestido acinturado com o toque romântico das aplicações florais

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Os detalhes florais colorem também este modelo em tamanho longo

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Jumpsuit com capa trabalhado no brilho

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Recorte lateral com transparência

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Conjuntinho rosa com detalhes

ESTROP/GETTY IMAGES
Estrop/Getty ImagesPin this!
Vestido de noiva acinturado com bordados e um ar mais clássico

Giambattista Valli
O show haute couture de Giambattista Valli foi marcado pelos volumes e camadas, como não poderia ser diferente, já que o novo trabalho do estilista é uma visita aos seus primeiros flertes com a Cidade Luz. “Decidi me mudar para Paris há 20 anos. Meu sonho era construir uma maison aqui e eu fiz isso. Acho que agora, neste momento social incerto que a França vive, é bom relembrar o que me fez vir para cá, inicialmente”, disse à Vogue UK.

O ponto de partida da coleção foi uma fotografia tirada por Helmut Newton para a Vogue francesa em 1977. Na imagem, Yves Saint Laurent retrata um grupo de mulheres descansado, elegantemente vestidas. “Com essa coleção, eu queria apoiar o trabalho dos ateliês, o senso de alta-costura, o real significado do luxo. Eu desejava recriar o privilégio íntimo de estar neste mundo”, explicou à publicação.
Para esse resgate de memórias, o italiano não poupou materiais e mão de obra. Um único vestido da coleção apresenta 6 mil metros de fita de tule, enquanto uma das blusas levou 240 horas para ser bordada. Contudo, as peças apresentam leveza e movimento, com diversos acabamentos em plumas.
Tendo o cuidado de deixar as pernas à mostra para que as mulheres não se percam em meio a tantos volumes, o pupilo de Roberto Capucci e Emanuel Ungaro mostrou que hoje está no mesmo patamar de seus professores, com uma verdadeira aula de alta-costura.
Desfile começou com volumes comedidos.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this! 
Como nesta manga bufante.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!
Mas logo as camadas ganharam a passarela.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!
Chapéus ao estilo fez foram usados no styling.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!
Plumas deram movimento ao volumes de Valli.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!
A forma do laço foi usada como recurso decorativo.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this! 
Esse vestido lembra bastante o modelo usado por Dua Lipa no Brit Awards 2018.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!
Ombros também ganharam grandes formas.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!
Contraste de texturas.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!

Mesmo com muito tecido, vestidos transmitiam leveza.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!

Estilista teve o cuidado de deixar pernas à mostra.

Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!

Modelo em tafetá de seda rosa.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!

Giambattista soube balancear as formas com a escolha de materiais.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!

Camadas e camadas de tule.Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Pin this!

 Silhueta ampliada com babados.
Victor Virgile/Gamma-Rapho/Getty Images
Buscando inspiração para o seu vestido de noiva? A temporada de verão 2019 de alta-costura, que acontece em Paris até quinta-feira (24.01), traz muitas opções deslumbrantes que você vai desejar usar no seu casamento. 
Buscando inspiração para o seu vestido de noiva? A temporada de verão 2019 de alta-costura, que acontece em Paris até quinta-feira (24.01), traz muitas opções deslumbrantes que você vai desejar usar no seu casamento. Pin this!

Compartilhe o post com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *