Slide

PUBLICIDADE 728X90




2016 foi um ano definitivamente importante para a música pop, principalmente para os artistas negros. De Beyoncé a Frank Ocean, essa turma produziu os maiores hits do ano não somente em termos de música, mas também em termos estéticos. E a moda tem papel importante nesse contexto. Foi pensando nisso que o FFW elegeu os 10 vídeos de música mais fashionistas do ano, que você vê a seguir.



1. Anohni – Drone Bomb Me
A supermodelo Naomi Campbell, em lágrimas, faz lipsync da voz perturbada de Anthony Hegarty. Naomi parece angustiada e enfrenta a câmera com movimentos lânguidos e elegantes. O styling é do diretor criativo da Givenchy, Riccardo Tisci, que é amigo pessoal da cantora e da modelo. Com essa trinca, esse com certeza é o vídeo mais fashionista do ano.
2. Beyoncé – Sorry
A cantora pop vem usando toda sua influência para dar voz às questões negras, e no vídeo de “Sorry” ela encarna uma rainha africana moderna, com referências a Nefertiti, e dança ao lado de um time de negras altamente empoderadas.
O figurino, que ajuda a construir essa rainha moderna e libertária, é composto por peças em estampas de padronagens clássicas africanas e para a nossa (ótima) surpresa, na cena em que Beyoncé está no vagão de um trem, veste um look em tricô com estampa de ondas da marca mineira GIG Couture, da coleção do Verão 16 desfilada no SPFW.

3. Solange – Cranes in the Sky
Solange e seu marido Alan Ferguson criaram juntos o vídeo, em que as composições em delicados tableus de mulheres negras casam perfeitamente com as cores de cada peça de roupa, que mudam a cada take, indo de tops brancos ou tons de pele ao vestido lilás de laços. Ao final, Solange aparece com o corpo todo pintado de dourado em meio às montanhas em referência ao trabalho do duo de fotógrafos Synchrodogs.
4. Anitta – Bang
O vídeo de “Bang” é assinado pelo cultuado diretor de arte Giovanni Bianco, que trabalha para marcas como Miu Miu e Versace e para Madonna. O vídeo tem ainda styling da talentosa Renata Correa, colaboradora frequente da FFWMAG.
5. Frank Ocean – Nikes
Após uma longa espera e vários falsos teasers, o álbum “Blondes” marcou a volta de Frank Ocean. O vídeo de “Nikes” (sim, a marca americana) teve direção do fotógrafo de moda Tyrone Lebon, o mesmo que fotografou Frank para a atual campanha da Calvin Klein. E não há como não lembrar da icônica foto de Gisele Bundchen por Irving Penn para a Vogue americana no final dos anos 90, na cena em que uma garota aparece nua sobre um cavalo branco.

7. Radiohead – Daydreaming
Na deliciosa viagem de Thom Yorke, no video de “Daydreaming”, dirigido por Paul Thomas Anderson (de “Boogie Nights”, entre outros), Thom Yorke faz uma estranha e linda viagem onde, a cada porta aberta, surge um novo lugar, saindo de uma garagem e entrando numa montanha de neve.
Mas o que chama atenção dos amantes de moda aqui (além da belíssima música) é o look “angsty-boy” de Thom. O estilo dominou as ruas de Nova Iorque à Berlim neste ano e tem como maior referência o trabalho do estilista Rick Owens e suas jaquetas de couro estonadas, camisetas em tons de preto e cinza ultra longas, as calças folgadas e os famosos tênis “Ramones” de cano alto, preto com solado branco e pesado, também usados por Thom Yorke no vídeo.
8. Jamie xx – Gosh
Romain Gravas, diretor francês por trás de outros vídeos perturbadores, juntou um exército de jovens chineses que marcham e dançam uma coreografia que faz referências as aberturas dos Jogos Olímpicos, numa Paris cenográfica. Mas a figura central do vídeo é a do jovem Hassan Kone, albino de 17 anos que o diretor descobriu na periferia de Paris. A forte e estranha imagem de Hassan é reforçada pelo seu look total branco, com jaqueta sobreposta à camiseta longa, o grande hit da moda masculina em 2016.

9. Céu – Perfume do Invisível
No vídeo todo em preto e branco, Céu dança vestindo uma blusa prateada e legging com tecido brilhante, como uma diva disco tropical. A cantora paulista lançou este ano o elogiadíssimo álbum “Tropix”. O figurino leva a assinatura da estilista Emanuelle Junqueira.

10. Grimes – Kill v. Maim
Claire Boucher, ou Grimes, queridinha de Nicolas Ghesquière, diretor criativo da Louis Vuitton, recrutou uma turma de freaks de Montreal, todos vestidos em looks de forte pegada street e maximalista para o vídeo de “Kill v. Main”. Uma overdose de estilos, cores de cabelo, dança, carros e sangue onde nada e tudo parece fazer sentido.





Resultado de imagem para pop 2016 youtube

Mais informações sobre a moda poderão ser adquiridas em http://bloganjinhadamoda.blogspot.com
Por hoje é só. Até o nosso próximo encontro falando de outro tema importante da moda. Espero vocês. Até lá


Danielle Brooks, que faz o papel da carismática Taystee de Orange Is The New Black, estava assistindo a um episódio do novo America’s Next Top Model para prestigiar sua amiga AshleyGraham – modelo plus size – quando um detalhe a incomodou profundamente. Apesar da bancada de juradas contar com a top fora dos padrões, a realidade das participantes no entanto era bem diferente.






Incomodada e chateada com a falta de representatividade, Brooks foi até o Instagram e fez o desabafo na legenda de uma foto. “Como uma mulher plus-size, eu sei que ser ignorada é uma coisa real. Depois de assistir #ANTM noite passada, eu estava muito animada ao ver minha amiga Ashley Graham, mas fiquei decepcionada por não ver nenhuma concorrente plus size. Uma jurada com curvas, mas nenhuma participante? De 24 garotas, nenhuma! Eles colocaram uma asiática, uma negra, outra ruiva, uma transgênero, uma andrógina e até mesmo gêmeas, mas nenhuma gorda sendo que 67% das mulheres são plus-size nos Estados Unidos“.
E não para por aí, a atriz ainda pontua que o programa perdeu a oportunidade de destacar estilistas, fotógrafos e stylists que trabalham com profissionais de todos os tamanhos. Sempre atenta, ela ainda prometeu que vai continuar apontando os problemas em relação a esse assunto nas redes sociais.

Compartilhe o post com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *